Atualmente a empresa mais badalada da tecnologia, a Apple, produz toda a eletricidade que utiliza em seus prédios, data centers e lojas. A energia produzida excede além da expectativa e por isso a companhia decidiu criar uma empresa apenas para vender o excedente gerado por seus projetos de energia solar.

A companhia, que deve se chamar Apple Energy LLC, apresentou um pedido à Federal Energy Regulatory Comission, órgão responsável pela regulação do setor nos Estados Unidos, para aprovação da atividade. A promessa é de que sejam comercializados 521 megawatts de energia solar.