Mais uma inovação para o mercado renovável. A Empresa americana SolarWindow deu um passo adiante com um novo tipo de vidro flexível capaz de gerar energia limpa. Com aplicação de camadas de seu líquido CWG e laminação do produto simulando altas temperaturas e pressões, chamam-no de verniz que pode gerar eletricidade.
O CEO da SolarWindow, John Conklin, afirmou em comunicado: “Juntamente com nossos revestimentos líquidos para vidro rígido da SolarWindow, estamos entusiasmados em expandir nossas capacidades com novas formas de gerar eletricidade limpa em quase qualquer superfície imaginável usando o Corning Willow Glass flexível (CWG). Como líderes do setor, estamos estabelecendo uma visão clara para o futuro com esta nova e inovadora tecnologia “.
A visão de SolarWindow para o vidro é refashion “geradores de energia verticais”, permitindo que os edifícios possam gerar energia renovável apenas por ficar ao sol. Mas não são apenas os edifícios que podem se beneficiar de seu novo vidro, como é dobrável e flexível, o vidro poderia ser aplicado a carros, barcos, caminhões, ônibus ou aviões.
Este vidro ainda não está pronto para o mercado, mas esse é o objetivo final. Eles estão desenvolvendo seus produtos sob um Acordo de Pesquisa e Desenvolvimento Cooperativo (CRADA) com o Laboratório Nacional de Energia Renovável do governo dos Estados Unidos, e dizem que o principal objetivo de um CRADA é a comercialização. Quando o vidro estiver finalmente pronto, poderá ajudar radicalmente empresas e famílias a reduzir sua emissão de carbono.